sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

É PROIBIDO ESTACIONAR AQUI

Hoje cedo eu estava em São Vicente, cidade do litoral paulista onde fui buscar uma pessoa da família que estava por lá.
Parei o carro na rua regularmente, quando fui abordado por um senhor, já velhinho que me disse que eu não podia parar ali porque ele tinha que encostar o carro da sua loja para carregar mercadoria. Eu lhe disse que não havia impedimento legal para que eu parasse ali, e então resolveu apertar o cerco e disse que a calçada estava com a guia rebaixada. Eu observei que não havia espaço para entrada de carro no local já que a sua loja ocupava, com mercadoria, até o limite entre o prédio e a calçada, e não permitia entrada de carro ali, portanto a guia rebaixada não significava que pudesse haver tal limitação de uso da via pública. Informei que eu ia embarcar uma senhora de mais de 90 anos e ele sugeriu que eu estacionasse mais adiante, uns 100 metros à frente e eu afirmei que não ia retirar o carro dali e se ele quisesse que solicitasse a polícia para guinchar o carro se estivesse irregular.
Sai do local, sob protestos daquele velhinho indócil, e um pouco mais tarde desocupou uma vaga logo atrás do meu carro, eu dei ré e coloquei o carro mais atrás.
Deu pra ver que aquele senhor deve ter atritos dirários por ali e seus filhos deveriam conseguir um lugar menos strssante pra ele que vai acabar se matando de raiva e não tem mais idade pra isso.
O debate pode ser sadio, mas a raiva faz mal à alma. Dizia Che Guevara, que o importante ao defender as ideias é não perder a ternura.
Acho que ele queria ser guarda de trânsito ou "Marronzinho" e não coseguiu. Vai morrer frustrado.
O fato tem um detalhe que merece observação. As guias rebaixadas onde não há entrada de carros seria local de parada  proibida?

Nenhum comentário: