quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

ILHABELA UM MAU EXEMPLO EM PRIORIDADES DE GOVERNO

No jornal da Vanguarda agora cedo viu-se a noticia de que das 18 praias de Ilhabela, 8 estão impróprias para o banho em pleno verão com temperaturas previstas para 36 graus com sensação térmica de 42 graus. O calor é intenso e metade das praias  estão impróprias. A cidade investe alto na construção de um teatro, na construção de nova avenidas e não investe o suficiente na coleta e tratamento de esgoto. O risco é ter-se uma população confortavelmente doentia se os coliformes fecais não forem eliminados da natureza. Ai a indagação: O que será de fato importante nos investimentos públicos?
A nossa crítica pretende ser construtiva, somente aos olhos dos que pensam coletivamente e não eleitoralmente.

2 comentários:

Anônimo disse...

Mas não e o governo do Estado, através da Sabesp, que detém a concessão do serviço de abastecimento de água e esgoto na cidade? Fiquei confuso agora...

Ongolhovivo Olhovivo disse...

Minha cara leitora, a SABESP é empresa que tem o Estado como sócio majoritário por ser empresa de economia mista. Quem contrata a SABESP para operar o sistema em determinado município é a prefeitura da cidade, que no contrato pode determinar as condições da operação. Pode o município estabelecer prioridades. Claro.