quinta-feira, 17 de julho de 2014

MAIS UMA BRONCA SOBRE EDUCAÇÃO

Lá no quintal da casa do Pedrão, no Bairro Barranco Alto, eu tive uma conversa com mulher bem jovem, de uns 26 anos que me questionou com veemência:

-O senhor como candidato a deputado estadual tem alguma proposta para a educação.
- Porque você fez essa pergunta?  respondi
- Tenho uma filha de 6 anos que está na escola e eu não acho que ela esteja recebendo o ensino que deveria ser ministrado. Ela mesma fala que não está aprendendo nada na escola.
- Se você ler o meu blog, (dei o endereço e ela disse que vai acessar), vai ver que uma das minhas bandeiras é a rediscussão do sistema de ensino que está sobrecarregado de muitos ingredientes que não estão diretamente ligados ao processo de ensino e aprendizado. 
- O senhor concorda com a progressão continuada?
- Ela é linda na sua concepção, mas foi distorcida no trajeto e virou uma preocupação muito grande para professores, pais e alunos. Precisa ser rediscutida e se for o caso, substituída por algum sistema que devolva a autoridade do professor, o respeito e disciplina nas salas de aula e uma nova linha de gerenciamento que permita ao professor ensinar o aluno aprender e as famílias se sentirem satisfeitas com o resultado.Escola não pode o local de solução de problemas sociais. Escola ensina e o aluno aprende.
- Vou votar no senhor, mas vou cobrar depois. 
- Talvez nem seja preciso cobrar. 
Abraços

2 comentários:

Anônimo disse...

Como mudará a progressão continuada se é uma lei federal?

Ongolhovivo Olhovivo disse...

Caro Anônimo que bem poderia identificar-se. O tema é importante.
Não há lei que obrigue a continuidade do sistema, porque no Rio de Janeiro já não tem mai, em São Paulo o prefeito já modificou e só aplica que quiser. Outra coisa que não é questão fechada é a inclusão social dos deficientes mentais. As matérias comportam adaptações. É só ter coragem de aplicar o melhor para a coletividade estudantil. Vai ter gente que acha que eu estou errado, mas se vc quiser ampliar o debate, identifique-se e nós vamos trocar ideias por aqui e seremos uteis a muitas pessoas. Abraços.