terça-feira, 23 de setembro de 2014

ENTREVISTA À RÁDIO ESTADÃO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Reencontramos velhos amigos e falamos de muitas coisas na rádio Estadão Jornal das Sete, apresentado pelo Lano Brito. Presente o também candidato Luiz Carlos "Mancha" do PSTU, o que nos permitiu um debate interessante sobre ideias que os ouvintes de rádio gostam. Foi sucesso total e pudemos mostrar a  nossa história de vida bem como os nossos projetos políticos para São Paulo.
João Lúcio - Deputado Estadual 90190- PROS

Um comentário:

Anônimo disse...

Esta chegando a hora de votar e vamos questionar os nossos candidatos e ver se eles estão comprometidos com a nossa cidade se atende ou no minimo da respostas aos questionamentos da população. principalmente sobre a zona azul.
A zona azul não é ruim para o centro ha um grande numero de pessoas que apoia mas o questionamentos são:
Porque cobrar de motos sendo que outras cidades não cobram, a onde cabe 1 carro se estaciona 5 motos e muitas vezes 1 carro transporta 1 unica pessoa. deveríamos estimular fora que é menos poluente.
Caraguá cobra R$2,00 a hora sendo que São Jose dos Campos que a mesma empresa geri a zona azul cobra R$1,20 e fraciona o tempo 20 min, 30 min.
A zona azul nasceu em São Paulo e os seus "lucro" que vai para a prefeitura são revertido para o transito e Caraguá destina próximo dos 25% para a secretaria da acessibilidade e idoso este "lucro" deveria ser revertido para o centro reformando as calçadas e padronizando, criando acessibilidade que hoje não existe no centro e garantindo um conforto a quem paga a zona azul.
Aos sábados muitas empresas estão fechadas como prefeitura escritório e comércios das redondeza a partir das 13:00 horas, então há espaço para suspender a zona azul após as 13:00 horas
Perímetro muito abrangente causando um impacto muito grande nas pequenas empresas que funciona nas redondeza do centro, pois ha uma demanda esperada por vagas da zona azul nas principais vias e nas vias da redondeza não há tanta demanda diminuindo o numero de pessoas circulando pelo centro causando impacto nas vendas. As grandes lojas tem um posicionamento no mercado forte recebe um reflexo menor.
Outro fator é que a zona azul não pode funcionar como o unico instrumento de mobilidade, a prefeitura deve garantir outras formas incentivando a utilização de bicicletas mas hoje o numero de bicicletas furtas no centro é enorme. Como está se espelhando em São Jose dos Campos, deveria oferecer novas opções como o transporte alternativo, por ter capacidade de um numero menor de pessoas, terá menos paradas e assim chegar mais rápido ao seus destino com mais conforto.
Ficamos muito triste com as nossas autoridade que não deram ouvidos para estas reivindicações que não é nada de outro mundo e são espelhadas de outros centros que receberam zona azul.
fonte: https://www.facebook.com/pages/Caragua-unida/624466414313348?ref=hl